TiVi na LiLi – O Melhor site de comunicação empresarial
Image default
Colunas

Entre os dias 21 e 23 de maio a expo global DES 2019 aconteceu em Madrid. Veja aqui bjtivinaLiLi com LiLi Bezerra

IMG_0981.jpeg
Entre os dias 21 e 23 de maio a expo global DES 2019 aconteceu em Madrid. Veja aqui bjtivinaLiLi com LiLi Bezerra

Entre os dias 21 e 23 de maio a expo global DES 2019 aconteceu em Madrid. Veja aqui 💋tivinaLiLi com LiLi Bezerra

IMG_0979.png

[DES 2019] “NÃO SÃO ROBÔS OU INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, O SER HUMANO É O CENTRO DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL”, DIZ HENRY VON SCHEEL, CRIADOR DA INDÚSTRIA 4.0

Executivo explicou o termo Indústria 4.0 e contou sobre os pilares e passos que permeiam os negócios na Transformação Industrial durante DES 2019

Por Gabriela Manzini*

Segundo Henry Von Scheel, criador da Indústria 4.0 e autoridade em estratégia e competitividade, entender o que é a quarta revolução industrial vai mudar completamente a sua forma de enxergar o mundo. “Não são robôs ou inteligência artificial, o ser humano é o centro da Indústria 4.0″, afirmou o consultor durante sua palestra desta terça-feira no Digital Enterprise Show (DES) 2019, o maior evento sobre Transformação Digital do mundo. A frase tomou como base o propósito de que a tecnologia apoia o ser humano, mas que a grande força motriz para mudanças está centrada na flexibilidade humana.

“A nossa força é a nossa habilidade de se adaptar. Nossa vontade para sobreviver e pegar as oportunidades que estão por vir”, completou Henry Von Scheel, criador do conceito de Indústria 4.0 e autoridade em estrategia e competitividade.

Von Scheel contextualizou a plateia explicando que a quarta revolução industrial foi anunciada em 2011, quando cinco grandes tendências colidiram de forma exponencial. A partir desse ponto, compreende-se a nova fase como a era em que se une o mundo digital, virtual e físico. Em um exemplo prático, ele citou o smartphone: que seria digital pois traz a oportunidade de escrever e tirar fotos naquele momento exato e já está conectado; seria ainda virtual, por permitir lhe conectar com tudo ao seu redor aonde estiver, e logicamente seria físico, por ser um dispositivo que se toca. “A revolução [industrial] é revolução que se emerge em diferentes formas”, explanou. Ele afirmou que, desde então, todas as empresas europeias [e aqui se aplica a Brasil também] deveriam aderir a que ele chamou de “agenda digital“.

Indústria 4.0: rapidez exponencial

Outra forte característica para compreender que entramos em uma nova fase na humanidade é a rapidez que as coisas acontecem dado o avanço da tecnologia. “O que aconteceu com você nos últimos cinco anos vai acontecer em um ou dois anos [agora]”.

Ele ainda firmou que haverá sim uma quinta revolução industrial na história da humanidade, mas que esta ainda se mostra longe de acontecer. Temos um tempo de adaptação e “não vimos nada que muda tão rápido como isso“.

Para ajudar as empresas a passar pelas mudanças, Scheel afirmou que se aliar a uma consultoria seria a estratégia ideal. “Pegar na mão da consultoria e colocá-la na jornada [de como acontece o seu negócio]“, orientou.

Indústria 4.0: como se adaptar

Para se transformar, o estrategista explicou que considerando uma cadeia regular de valor nas organizações é preciso prever respostas para perguntas como:

– Como crio valor para o meu cliente?

– Como entregar melhor?

– Como diminuir gastos?

– Como aumentar a minha operação?

O processo de transformação digital deverá responder essas perguntas.

Na imagem a seguir, ele explica que a Transformação Digital se dá levando em conta os custos, modelo operacional de negócio e modelo de performance, situados do lado direito do gráfico. Já a parte de inovação prevê o que está no lado esquerdo da figura.

Em uma explicação mais simplista, Von Scheel disse à plateia que a lógica é a seguinte:

“Em uma escala [de grandeza], primeiro você precisa produzir mais para crescer e [então] competir. Não adianta competir sem estar disposto a inovar, porque você vai ter investir. De 10 soluções [criadas no processo de inovação], você vai perder nove, porque está disposto a falhar [neste estágio]”

De uma forma geral, os setores de manufatura, engenharia e economia serão os primeiros a serem afetados no processo de mudanças nas sociedades durante a quarta revolução industrial.

*Gabriela Manzini é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo, trabalha com comunicação há dez anos e é especialista pós-graduada em Comunicação Corporativa pela Cásper Líbero. Atua hoje com comunicação estratégica, marketing digital, especialmente marketing de conteúdo e inbound. Em suas passagens por agências de comunicação e marketing, já atendeu clientes como Microsoft, Philco, Wacom Brasil, Toshiba Brasil, Citibank, Credicard Hall, Omron, Internacional Shopping Guarulhos, e os cantores Fábio Jr. e Paula Lima. Na área corporativa, trabalhou no departamento de marketing da Shoestock e é a atual Head de Conteúdo do Digitalks, empresa do grupo iMasters, referência em marketing digital no Brasil. Possui ainda expertises em planejamento estratégico, design thinking para inovação, comunicação interna e endomarketing, além de prestar consultoria em mídias sociais para pequenos negócios

 O evento contou com a participação de nomes como Henry Von Scheel o CEO da Indústria 4.0; Shawn Fitzgerald, Research Director da World Wide Digital Transformation Strategies do IDC; Marina Specht  a CEO da  MRM/McCann; e Didier Bonnet que é EVP da Capgemini Invent. 

“Não são robôs ou a inteligência artifical, o ser  humano é o centro da quarta revolução industrial”, diz Henry Von Scheel, criador da Indústria 4.0

Segundo Henry Von Scheel, criador da Indústria 4.0 e autoridade em estratégia e competitividade, entender o que é a quarta revolução industrial vai mudar completamente a sua forma de enxergar o mundo. “Não são robôs ou inteligência artificial, o ser humano é o centro da Indústria 4.0″, afirmou o consultor durante sua palestra desta terça-feira no Digital Enterprise Show (DES) 2019, o maior evento sobre Transformação Digital do mundo. A frase tomou como base o propósito de que a tecnologia apoia o ser humano, mas que a grande força motriz para mudanças está centrada na flexibilidade humana.

Muito obrigada por sua audiência você está  no Melhor  e Maior Portal de Comunicação Empresarial e Eventos Corporativos do Pais🇧🇷. 💋tivinaLiLi com LiLi Bezerra✨

IMG_8708.jpeg
IMG_2870.jpeg

A  Nossa Missão é FORTALECER a Sua Marca e ALAVANCARMOS as Suas Venda$$$.

tivinaLiLi com  LiLi Bezerra

Marketing de Influência

Produtora  Executiva 

Embaixadora da Maior Rede de Mulheres Empreendedoras do Brasil no Tocantins

Proprietaria do Maior e Melhor  Portal de Comunicação Empresarial do País

Proprietária da Agência de Conunicacao Empresarial, Eventos Corporativos e Marketing de influência LiLi Bezerra Producoes

www.lilibezerra.com.br

https://tivinalili.com/conheca-a-melhor-agencia-de-comunicacao-marketing-de-influencia-e-eventos-lili-bezerra-producoes-conheca-o-melhor-portal-empresarial-do-pais-💋tivinalili/

Assessoria Promocional Agrotins #agrotins

Relações Públicas

Influenciadora Digital

Assessoria Empresarial

Apresentadora do @tivinalili

Marketing do  Palmas Convention Bureau 

Relações-públicas, Marketing e comunicação da Rede de Monitoramento Cidadão de Palmas do Banco Inter Americano de Desenvolvimento 

+55.63.98443.0328

+55.63.98414.5222

Sigam  nas redes  fan page e insta @tivinalili https://www.instagram.com/p/BuRi2qynuaO/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=10xklpp28d3xz

Fan Page 

Agência de Eventos LiLi Bezerra Produções 

https://tivinalili.com/colunas/inaugurado-concessionaria-fourmaq-massey-ferguson-em-palmas-tocantins/

Posted by LiLi Bezerra Agência de Eventos, Cerimonial e LiLi Produções on Monday, December 17, 2018

www.lilibezerra.com.br

 www.tivinalili.com

#mulheres

#100kChallenge

#GoldenYears

Você também pode gostar:

Aproveite delicioso espaguete no fim de semana. Veja aqui 💋tivinaLiLi

Lançamento da linha “Vem Transar White Party”

Uiara Zagolin

Rapidão Lanches, uma delicia de Lanche. 💋tivinaLiLi com LiLi Bezerra

Carregando...